A Liga Portuguesa de Futebol Profissional (LPFP) vai opor-se ao controlo conjunto da Sport TV por parte da ZON e da PT, afirmou hoje Mário Figueiredo, por ser prejudicial à concorrência nos direitos de transmissão dos jogos.

"Somos agora surpreendidos com uma operação de concentração dos dois principais operadores de cabo em Portugal no único canal de transmissão televisiva dos jogos numa triangulação. Na queixa que apresentámos dissemos que o mercado estava potencialmente encerrado, com esta operação que foi notificada de concentração à Autoridade da Concorrência fica completamente encerrado", afirmou o presidente da LPFP. Em entrevista à agência Lusa, Mário Figueiredo acrescentou que, "se duas empresas que asseguram praticamente 90% do serviço por cabo em Portugal se concentram com o atual detentor dos direitos na empresa que difunde essa operação o mercado, fica definitivamente encerrado". "A LPFP vai deduzir oposição a esse processo de concentração. Fá-lo-á nos prazos que estão a correr e que são curtos", frisou, aludindo à aquisição de controlo conjunto das sociedades Sport TV, Sportinveste Multimédia e PPTV, por parte da ZON Multimédia e da Portugal Telecom à Controlinveste Media, que foi notificada à Autoridade da Concorrência, em 14 de março.

O presidente da LPFP defende que os direitos de transmissão são valorizados quando centralizados e comercializados num mercado livre. "O adepto de futebol está na disposição de mudar a base fornecedora dos quatro elementos [televisão, telefone, telemóvel e Internet] se os jogos do clube da sua simpatia mudarem de operador e estamos a falar de fatias que podem chegar a 30 ou 40% do mercado. Estamos a falar de muitos milhões de euros e esta operação propõe a manutenção do empobrecimento dos clubes, que recebem uma ninharia dos valores [cerca de 64 milhões de euros] e que pelas nossas contas poderiam chegar a 200 milhões, mesmo num cenário de recessão", explicou.

Mário Figueiredo considera que esta operação "vai definitivamente prejudicar os clubes e os clientes". "O modelo implica que haja concorrência, porque não podemos centralizar os direitos na LPFP tendo um só comprador. Até corremos o risco, em última análise, que nos ofereçam menos dinheiro pelos jogos. Estamos convictos de que esta situação não pode ser autorizada e até estamos crentes de que os próprios operadores têm muitas dúvidas de que seja aprovada", frisou.

Fonte: Sapo Desporto

Categorias: , ,

5 comentários:

  1. É uma tentativa de controlar totalmente o futebol português, a PT já a muitos anos que mantinha o interesse em controlar uma parte do futebol português. ZON PT e Olivedesportos finamente conseguem-no o fazer. Vá lá que o contrato do Benfica com estes senhores chega ao fim no mês de maio, permitindo que outras pessoas tenham possibilidade de poder ver os jogos sem ser na SPORTTV visto que o Benfica vai gerir os seus próprios direitos televisivos. Finalmente neste país a alguém que é capaz de enfrentar estes senhores da SPORTTV e poder acabar com este monopólio.
    Parabéns ao Vieira por esta iniciativa de colocar os direitos dos jogos do Benfica no estádio da LUZ na BENFICA TV assim como referi vai permitir a muitos benfiquistas assistirem aos jogos e acredito que a SPORTTV vai perder clientela se não baixar os preços.

    ResponderEliminar
  2. O Benfica é a única instituição que tenta remar contra este poderio imposto pela Sporttv, e agora com a conivência de PT e ZON... Espero que o Benfica TV faça perder milhares de subscrições à Sporttv, e que esta passe por um mau bocado...

    ResponderEliminar
  3. Ricardo André26/03/13, 10:33

    Fala-se muito nisto ah e tal,eu o que espero,como cliente Sporttv,é que esta baixe os preços e a soma de Sporttv+Benfica TV seja inferior ao actual dos 4 canais Sporttv.
    Porque,para aumentar ser tudo superior então esquece...
    Porque,eu mesmo sendo adepto do FCPorto,terei que ter as 2 e a maioria dos cafés terá que ter as 2. Seja pela Liga Inglesa,pela Liga Espanhola,pela Fórmula 1,pela Liga Portuguesa.
    Porque fora tal,não sou muito a favor desta medida do Benfica,isto se a Sporttv não baixar o preço,só via obrigar a mais custos...
    Eu preferia tudo como estava e que a Sporttv baixasse as mensalidades (18 euros seria o ideal) do que ver cada canal a ter suas ligas...

    ResponderEliminar
  4. Não percebo.
    A Sport TV sempre foi um projeto com capital operadores de telecomunicações.
    RTP, Portugal Telecom e Olivedesportos fundaram-na. Entretanto sai a RTP (2004) e é a então criada ZON Multimedia que assume os títulos de crédito dada a desagregação da PT (2007-08).
    Hoje, 2013, a PT quer voltar a controlar a marca que há uns anos se propôs a levar mais desporto televisionado às populações, comprando metade da participação da ZON. Novo panorama: Olivedesportos 50%, ZON 25% e PT 25%.

    Que tirar a empresa aos seus donos?


    É bom que novos projetos existam nesta área.

    ResponderEliminar
  5. Correção:
    Onde está "Que..." leia-se "Querem tirar a empresa aos seus donos?"

    ResponderEliminar

MEO
NOS
TDT
Comentários
Comentários