O jornalista Jorge Wemans pediu a demissão do cargo de director da RTP 2 por discordar da nova linha de produção. O pedido já foi aceite pelo conselho de administração.

Em comunicado, o conselho de administração diz ter recebido e aceitado o pedido de demissão de Jorge Wemans e agradeceu os serviços prestados pelo jornalista no cargo que ocupava desde 2006. "No âmbito das suas competências, o conselho de administração decidiu já solicitar parecer à Entidade Reguladora para a Comunicação Social para a nomeação de Hugo de Andrade Rodrigues, atual diretor da RTP1 e RTP Memória, para o exercício deste cargo em acumulação", refere o comunicado.

Contactado pela agência Lusa, Jorge Wemans confirmou que apresentou a demissão do cargo de diretor da RTP2 à administração da empresa por discordar das futuras linhas de produção daquele canal enquanto serviço público de televisão. "O que está em causa verdadeiramente é o que em termos de televisão e de serviço público, a RTP vai oferecer aos portugueses e essa é a razão do meu pedido de demissão", disse à Lusa o jornalista Jorge Wemans. Jorge Wemans explicou que, neste momento, "não tem razões nenhumas para crer que o serviço público que a RTP vai oferecer no futuro dê guarida ao que tem sido o essencial das linhas de produção e de emissão e programação da RTP2 nos últimos anos".

O jornalista disse que o que está aqui em causa não é o que se pretende fazer com a RTP, mas sim com os conteúdos que vão ser oferecidos ao público e como vão ser organizados no futuro. "Espero que os conteúdos que vão ser oferecidos ao público sejam organizados de forma a que o serviço prestado pela RTP continue a ser culturalmente relevante, capaz de dialogar com a sociedade portuguesa e importante para a formação dos jovens", afirmou, realçando também o papel de todo o "conjunto de atores e criadores culturais que a RTP acolhia e estimulava e com quem tinha uma relação muito próxima, principalmente na área de produção de documentários".

Jorge Wemans lembrou a agenda e o debate cultural da RTP 2, a ficção estrangeira de qualidade, a produção nacional de documentários e curtas, os programas infantis e a produção nacional para os mais novos. "Como acho que estes diversos aspectos é que tornam o serviço público de televisão culturalmente relevante, considero que neste momento os meus contributos para o futuro da RTP e da sua programação não estão a ser suficientemente acolhidos e, por isso, não me parece que faça sentido continuar a dirigir a RTP 2", concluiu.

Jorge Wemans foi para a RTP2 em 2006, substituindo na direção do canal Manuel Falcão, que tinha pedido demissão devido às alterações previstas para o projeto da estação. Diplomado pela Escola Superior de Jornalismo de Paris, Jorge Wemans foi subdiretor do semanário Expresso, esteve ligado à fundação do Público, no qual foi diretor-adjunto, e foi diretor de Informação da agência Lusa.

Fonte: Público

22 comentários:

  1. FOX Crime e 24 Kitchen estreiam-se no MEO em alta definição

    A FOX International Channels (FIC) aumenta o seu portfolio de canais em Portugal com o lançamento do FOX Crime HD e do 24 Kitchen HD no MEO, este mês.

    Os canais passam a estar presentes nos pacotes da operadora da plataforma de IPTV – MEO ADSL (Pack Entretenimento e pacotes de 140 canais) e MEO Fibra (pacotes de 85 canais).

    O FOX Crime é um canal dedicado a séries de crime e investigação criminal, exibindo produções como ‘Blue Bloods’, protagonizada por Tom Selleck, e recuperando também grandes êxitos como ‘Midsommer Murders’.

    O 24 Kitchen marca a estreia da FIC na produção nacional e celebra a culinária e gastronomia nas suas mais diversas vertentes. Jamie Oliver, Anthony Bourdain e os portugueses Ljubomir Stanisic, Sebastião Castilho, Rodrigo Meneses e Viriato Pã, são apenas algumas das caras do canal.

    A partir deste mês, os subscritores dos pacotes MEO Fibra (pacotes de 140 canais) e MEO ADSL (pacotes de 140 canais) da MEO passarão a ter acesso a estes canais da FIC em alta definição. Os canais em HD são emitidos em simulcast, pelo que os fãs podem agora assistir às suas séries e programas prediletos com imagens mais vibrantes e nítidas, cores mais vivas e um maior detalhe.

    Com o full HD (um sinal progressivo) ganha-se uma maior fluidez dos movimentos e amplitude da imagem que, devido à sua extraordinária definição (5 vezes superior à imagem em SD), revela todos os pormenores. A imagem ganha em “volume”, os segundos planos ficam mais nítidos e a perspetiva de imagem alarga-se.

    O FOX Crime HD vai passar a ocupar a posição 74 da grelha do MEO enquanto o 24 Kitchen HD pode ser visto na posição 105.

    http://tv.sapo.pt/novidades/artigo/fox_crime_e_24_kitchen_estreiam-se_no_meo_em_alta_definicao/

    ResponderEliminar
  2. Espero que a FOX Crime HD vá também para a ZON.

    ResponderEliminar
  3. A Disney chegou a acordo com a ZON para lançar o Disney Junior no dia 1 de novembro, um canal 24 horas por dia, pré-escolar especialmente criado para as crianças entre os 2 e os 7 anos e respetivos pais e encarregados de educação.

    O Disney Junior foi inicialmente lançado em 2011 como um bloco de programação diário no Disney Channel e agora vai dar lugar a um canal 24 por dia que fará parte do pacote básico da ZON. O canal estará disponível na posição 44 da grelha.

    A programação do Disney Junior, tanto em animação como imagem real, combina histórias únicas e personagens adoráveis com a componente educativa, incluindo o desenvolvimento de competências linguísticas e matemáticas, a promoção de hábitos de vida e de alimentação saudáveis, com ênfase especial no desenvolvimento social e emocional.

    Terá séries originais como "Jake e os Piratas da Terra do Nunca", "Doutora Brinquedos", "A Casa do Mickey Mouse", "Selva Sobre Rodas", "Manny Mãozinhas" e o programa "Art Attack".

    Simón Amselem, dirertor da The Walt Disney Company Spain & Portugal, afirma: "Estamos muito satisfeitos por termos chegado a acordo com a ZON para oferecer aos seus clientes um canal como o Disney Junior com programação de qualidade e dedicada à família.

    Em todo o mundo, os canais Disney distinguem-se pelo lugar especial que ocupam nos corações das crianças e respetivos pais, que confiam no nosso compromisso de entreter e ajudar os seus filhos a crescer através de uma programação envolvente e cativante."

    Por seu lado, Pedro Faraústo, Diretor de Produto da ZON diz: "É com orgulho que a ZON é, mais uma vez, o primeiro operador a levar um novo canal com a prestigiada marca Disney a casa dos portugueses".
    Os blocos e canais Disney Junior estão disponíveis em 35 línguas e estão presentes em 375.8 milhões de lares em 166 países/territórios.

    Expresso

    ResponderEliminar
  4. Mais canais discovery no meo

    ResponderEliminar
  5. sim está confirmado no meo para clientes fibra e ADSL os canais discovery science, discovery turbo e discovery civilizacion, canais que a operadora ZON deixou fugir e que a PT aproveitou para melhorar a sua grelha.
    Mais uma vez os clientes meo satélite ficam a ver navios, uma oportunidade para a PT lançar concorrência á ZON satélite que fica desperdiçada.
    Agora vai haver muita gente que vai mudar para o meo ADSL ou meo fibra por causa destes canais, quanto ao satélite a ZON vai continuar na frente por causa da fraca grelha do meo satélite.

    ResponderEliminar
    Respostas
    1. É verdade, e só mudo para a MEO quando tiver o Nickelodeon, o Ginx, os canais da MTV, os novos canais da Disney, o Boomerang, bem, basicamente só esses canais.

      Eliminar
  6. http://www.aqui.com.pt/tvnews/2012/10/04/discovery-science-civilization-e-turbo-chegam-ao-meo-dia-8-de-outubro/

    ResponderEliminar
  7. Zon lança disney junior a 1 de novembro - http://expresso.sapo.pt/zon-lanca-canal-de-tv-para-criancas-dos-2-aos-7-anos=f757954

    ResponderEliminar
  8. E nada no MEO SATÉLITE. Impressionante a política dos MEO´s face ao satélite. Era uma grande oportunidade para incorporar os canais DISCOVERY (TURBO, SCIENCE e CIVILIZATION) no MEO SATÉLITE, fazendo concorrência à ZON SAT. Mas sem um aluguer de uma nova frequência, pouco se pode fazer...A não ser a retirada de canais com menos audiência/de menor interesse, ou canais com versão SD e HD, caso do Eurosport SD (já existe a versão em Alta Definição).
    Podia retirar então:
    o EUROSPORT SD - colocar o Discovery Science;
    SPORT LIGA INGLESA - colocar Discovery Turbo;
    MGM - Discovery CIVILIZATION.
    Ou então alugar uma nova frequência, pois já são tantos os canais presentes no meo iptv/fibra e que não se encontram no satélite, que se começa a justificar um investimento no satélite, numa nova frequência de modo a injectar novos canais HD e os canais DISCOVERY...O meo satélite tem muito poucos canais HD.

    ResponderEliminar
    Respostas
    1. Não... o melhor é fazer a fusão das grelhas da ZON e da MEO para assim termos uma MEO com muita boa progressão na sua grelha de canais, e vai ter esta ideia:
      1-30 Nacionais
      30-50 SPORT.TV
      50-70 Infantis
      70-140 Filmes, Séries e Estilo de Vida
      140-170 Documentários
      170-200 Os restantes canais desportivos
      200-240 Musicais
      240-250 Brasileiros
      250-260 Africanos e Regionais
      260-300 Noticiosos
      300-340 Internacionais
      340-360 Adultos
      360-400 Jukebox
      400-500 Rádios
      500-510 Upscale
      O que acham da minha ideia?

      Eliminar
    2. Este comentário foi removido por um administrador do blogue.

      Eliminar
    3. Este comentário foi removido por um administrador do blogue.

      Eliminar
    4. É verdade.... Cada comentário "PIPI" é mais estupido que o outro!

      Eliminar
    5. Oops... que ideias parvas as minhas!
      http://www.newgrounds.com/portal/view/449934
      FCU-OS
      cnxd.tk
      Cartoon Network XD
      só para passar tempo

      Eliminar
    6. 1-30 para os nacionais? Se há coisa que acho mal nas grelhas de canais é a organização. A da Meo é a pior e logo atrás e muito perto vem a da Zon. Desde quando é que a Sic Mulher, Radical, RTP Memória, Porto Canal, Canal Q, Secret Story, Bola... Desde quando é que isso são canais generalistas (sim, porque nacionais há muitos)?

      Eliminar
    7. Bem, se houver verdadeira fusão ZON-MEO: era assim:
      1 - RTP 1
      2 - RTP 2
      3 - SIC
      4 - TVI
      5 - RTP Informação
      6 - SIC Notícias
      7 - TVI 24
      8 - SIC Mulher
      9 - SIC Radical
      10 - TVI Direct
      11 - TVI Ficção
      12 - A Bola TV
      13 - Porto Canal
      14 - +TVI
      15 - Canal Q
      16 - RTP Açores
      17 - RTP Madeira
      18 - Económico TV
      19 - Correio da Manhã TV
      20 - Speaky TV (se sim)

      Eliminar
    8. Este comentário foi removido por um administrador do blogue.

      Eliminar
    9. Este comentário foi removido por um administrador do blogue.

      Eliminar
  9. Este comentário foi removido por um administrador do blogue.

    ResponderEliminar
  10. Na próxima sexta-feira, dia 12, às 12h, no canal 12 do Meo, vai nascer A Bola TV, canal da Sociedade Vicra Desportiva. O jornalista Alexandre Évora será o primeiro rosto do canal, que abre as emissões com um telejornal, “como se impõe num canal de informação”, explica ao M&P João Bonzinho, director de informação do projecto. Um olhar sobre o futebol, não apenas restringido as três maiores clubes, mas também sobre as restantes modalidades é a promessa do canal, para o qual foram contratadas perto de 70 pessoas. “Num país em que estou habituado a ver que as pessoas vão primeiro à procura do dinheiro para depois fazer, nós fizemos”, afirma João Bonzinho a propósito do investimento da empresa neste canal, que durante seis meses começou por ser uma web Tv.

    Fonte: M&P

    ResponderEliminar

MEO
NOS
TDT
Comentários
Comentários