O presidente da Comunidade Intermunicipal do Alto Alentejo alertou recentemente que existem "falhas" de cobertura da Televisão Digital Terrestre em quatro concelhos da região, considerando a situação "pouco razoável". Em declarações à Agência Lusa, Armando Varela adiantou que os concelhos de Nisa, Crato, Castelo de Vide e Marvão são, atualmente, as zonas "mais problemáticas". A situação afeta, "principalmente, o concelho de Marvão, com cerca de metade população sem cobertura" da TDT, alertou.

De acordo com o autarca, a CIMMA está a "compilar" todos os elementos de cobertura de sinal de TDT no distrito de Portalegre para marcar um "reunião de urgência" com a Autoridade Nacional das Comunicações (ANACOM). "A meu ver, não me parece razoável que 50 anos depois de as pessoas terem televisão deixem de ter esse equipamento. Por isso, considero que não é uma situação razoável", considerou. Segundo Armando Varela, também presidente da Câmara de Sousel, "não faz sentido" que exista, por exemplo, um concelho (Marvão) em que "metade" da população não tem sinal de televisão.

De acordo com os dados publicados no sítio da Internet da ANACOM, os quatro concelhos registam um nível de cobertura de "100%", por via terrestre ou satélite. No passado dia 14, a ANACOM alertou para a importância de as pessoas comprarem equipamentos adequados para uma efetiva receção de TDT, por via terrestre ou satélite, e assegurou que todas as pessoas em Portugal recebem sinal de televisão digital. Na altura, fonte da Anacom disse à Lusa que a compra dos descodificadores "não é muitas vezes a adequada" para a localidade ou região, sendo importante, previamente, que as pessoas saibam se estão numa zona sombra ou verde (os interessados podem ligar para o número gratuito 800 200 838 ou consultar a página www.tdt.telecom.pt).

Em março, a ANACOM anunciou que se encontra também em vigor a atribuição de um subsídio de 61 euros para os serviços de instalação dos descodificadores de TDT dirigidas a "todas as famílias referenciadas pela rede da Segurança Social".

Fonte: JN

Categorias:

Sem comentários:

MEO
NOS
TDT
Comentários
Comentários