"Uma série sobre gente com coragem, ideias e audácia". É assim que Robert Blatt, director do Odisseia, descreve a mais recente produção do canal de documentários, em colaboração com a angolana Zimbo TV.

Durante a apresentação à imprensa de "Odisseias Sul e Norte", que decorreu na Fundação Champalimaud, em Lisboa, o responsável destacou ainda o facto de esta ser "a primeira co-produção importante entre Portugal, Espanha e Angola, de televisões comerciais com vocação de serviço público".

Ao longo de 12 episódios, "Odisseias Sul e Norte" mostrará o trabalho desenvolvido, em Portugal, Espanha e África, por pessoas que contribuem para transformar o planeta. Duas das figuras são Ana Jorge, ex-ministra da Saúde, e Rui Reis, investigador da Universidade do Minho, que estiveram presentes na apresentação e destacaram a importância de projectos pouco conhecidos do grande público chegarem à televisão com o tipo de tratamento que um canal de documentários pode dar.

"Foi aliciante participar neste programa", assegurou Rui Reis, que é responsável por um grupo de investigação na área dos biomateriais. Ana Jorge fez questão de destacar o trabalho desenvolvido pelo grupo da qual é presidente, "Músicos nos Hospitais", que diz ser "excelente para doentes e criar novas condições para os próprios profissionais".

"Odisseias Sul e Norte" mostrará, a partir de 4 de Dezembro, às 22h00, projectos na área da saúde, do desenvolvimento e da inovação tecnológica ao serviço da sustentabilidade ou da cultura.

Fonte: CM

Categorias:

Sem comentários:

MEO
NOS
TDT
Comentários
Comentários