O primeiro reality show para televisão e Internet, "uMan", deverá estrear-se na China na primavera, numa co-produção envolvendo a Ongoing Media, revelou o vice-presidente daquela empresa portuguesa, José Eduardo Moniz.

O programa, a emitir por um canal da Televisão de Guangdong, é também o primeiro acordo celebrado pela Ongoing Media na China, após dois anos de contactos com empresas e instituições chinesas do sector, incluindo a Administração Estatal do Cinema, Rádio e Televisão.

"Estamos na China num modelo de co-produção e as relações de confiança que conseguimos estabelecer podem ter continuidade noutras acções. Já começámos a negociar outros projectos", disse Eduardo Moniz. A província de Guangdong, que confina com Hong Kong e Macau, no sul da China, é a mais populosa do pais, com cerca de 102 milhões de habitantes, e a pioneira da política de "Reforma Económica e Abertura ao Exterior", lançada no final da década de 1970.

Criado por uma empresa de Israel e já exibido também na Turquia e em Itália, o "uMan" apresenta-se como "um programa que saltou da televisão para outras plataformas", nomeadamente a Internet e o telemóvel, e em que "o espectador é que decide o que acontece". "A televisão mudou, por via das novas tecnologias, e vai depender cada vez mais dos consumidores. O espectador, agora, tem a oportunidade de interagir com os programas", disse o vice-presidente da Ongoing Media.

Na China, o "uMan" deverá começar a ser emitido no "final do primeiro trimestre de 2012" e "está previsto lançar o programa noutras províncias". Eduardo Moniz e o responsável do grupo Ongoing para a Ásia, Fernando Maia Cerqueira, participaram esta semana em Cantão, capital de Guangdong, na formação dos quadros locais que vão conduzir o programa.

Detentora dos direitos do programa para os países de língua portuguesa, a Ongoing Media tenciona também lançar o "uMan" em Portugal e no Brasil durante o próximo ano. "O mercado português é demasiado pequeno e a televisão não é imutável. Estamos a tentar acompanhar a cadência do que está a acontecer e a aproveitar as oportunidades oferecidas pelas novas tecnologias", disse José Eduardo Moniz.

Fonte: JN

Categorias:

Sem comentários:

MEO
NOS
TDT
Comentários
Comentários