A RTP voltou a garantir um saldo positivo no fecho do semestre. Entre Janeiro e Junho de 2011, a televisão pública registou um lucro de 24 milhões de euros, resultado que melhorou 1,5 milhões de euros face a igual período do ano passado. De acordo com o relatório consolidado do semestre que Guilherme Costa, presidente do Conselho de Administração da RTP, entregou ao Ministério das Finanças, a RTP registou 33,5 milhões de euros de resultados operacionais, quando nos primeiros meses de 2010 esse valor se situava em 10,2 milhões de euros.

Guilherme Costa considerou que o aspecto mais importante dos resultados do primeiro semestre "é o cumprimento do exigente plano de redução que consta no Orçamento para 2011". Ainda assim, o gestor faz um esboço optimista do fecho do ano e antevê que "os custos operacionais se situem no final do ano mais de 40 milhões abaixo do valor registado em 2007", que foi de 307,9 milhões de euros.

Recorde-se que o Sector Empresarial do Estado (SEE) deverá reduzir os seus custos de fornecimentos e serviços externos e gastos com pessoal em 15% até final de 2011. No caso da RTP, o valor a cortar ascende a 22,89 milhões de euros. Segundo este último relatório, no primeiro semestre a RTP reduziu os gastos nestas duas áreas em 4,3 milhões.

Mas porque as contas só ficam fechadas em Dezembro, Guilherme Costa prevê que "o resultado líquido de 2011 venha a ser positivo e de um valor não residual". A dificultar o exercício estará um desvio negativo substancial esperado em termos de resultado financeiro, e que ocorrerá no segundo semestre, uma situação justificada com "o agravamento do pricing do empréstimo Depfa, pela renegociação a que entretanto fomos obrigados", revela.

Fonte: Económico

Categorias: ,

Sem comentários:

MEO
NOS
TDT
Comentários
Comentários