A ANACOM informou que durante esta semana irá proceder à distribuição nacional do jornal "TDT Notícias”" publicação gratuita editada por si e com o objectivo declarado de informar os portugueses sobre o processo de mudança para a televisão digital terrestre. O “TDT Notícias” será ainda distribuído juntamente com as revistas "TV 7 Dias" e "TV Guia".

A edição electrónica do referido "jornal" já está disponível para consulta. Sem surpresa, mais do que informar, a referida publicação parece ser essencialmente um instrumento de propaganda da estratégia adoptada para a implantação da TDT em Portugal. Recorde-se que a estratégia que está a ser seguida em Portugal fracassou em vários países por não ter em consideração as aspirações e interesses dos consumidores e obrigou ao relançamento da televisão digital terrestre.

A referida publicação repete a avaliação irrealista, já conhecida, dos processos de encerramento "piloto" de Alenquer e Cacém, apresentando mesmo números errados, como já foi referido em post anterior. Tal como já foi chamado à atenção em 2010, os retransmissores seleccionados para os desligamentos piloto abrangem zonas muito limitadas onde a taxa de adesão aos serviços de televisão paga é altíssima (93% no caso do Cacém). Apesar dos vários tipos de problemas retratados por algumas reportagens, esta autoridade insiste em classificar os desligamentos como um sucesso. Mas seria de esperar outra conclusão quando a ANACOM é juiz em causa própria?

A ilusão continua quando se aborda os adaptadores (receptores TDT) necessários para tornar a esmagadora maioria dos televisores compatível com a TDT portuguesa. A maioria dos equipamentos à venda não oferece uma qualidade global boa, o que nalguns casos pode mesmo comprometer a qualidade da recepção e/ou a comodidade na visualização dos programas.

A qualidade da informação ao consumidor sofre novo "rombo" quando mais uma vez se transmite a ideia que o litoral do país ficará sem televisão analógica a 12 de Janeiro de 2012, omitindo que a maioria dos principais emissores que cobrem o litoral, só serão desligados a 26 de Abril de 2012, como é o caso do Monte da Virgem, Marão, Lousã e Montejunto, que abrangem uma área enorme.

De referir que a Anacom abriu também concurso para a impressão, embalamento e distribuição nacional do "Guia TDT" que deverá ocorrer entre 17 e 21 de Outubro.

Não irá portanto faltar papel na caixa do correio dos portugueses! Poderá é faltar "papel" na carteira de muitos, quando chegar a hora de comprar dois, três ou mais adaptadores e pagar a "actualização" da instalação de antena que muitos terão que fazer. Tudo para poder continuar a ver apenas e só aquilo que sempre se pode ver. O povo cala-se, terá o que merece...

Enviar toda esta papelada para quase todos os endereços de Portugal deverá custar muito dinheiro. Pena que a ANACOM não tenha destinado uma pequena verba para informar nas TV’s sobre a entrada em funcionamento dos emissores TDT ou da alteração da frequência da TDT.

Fonte: TDT em Portugal, com pequenas alterações

Categorias: ,

4 comentários:

  1. Muito bem explicitado.
    Totalmente de acordo.

    ResponderEliminar
  2. Já recebi o jornal e foi direito para a reciclagem sem sequer abrir. Estou a marimbar-me para a TDT...

    ResponderEliminar
  3. Pois Anónimo, eu também não necessito da tdt...
    Espero é que a tua vida continue a correr bem e que não tenhas problemas financeiros no futuro que te obriguem a cancelar a televisão por subscrição...
    E também conheço muita gente que está bem na vida mas que da tv só vê os generalistas, os de informação e pouco mais... Se tivéssemos uma TDT "à europeia" passavam logo do 3P para o 2P...

    ResponderEliminar
  4. Quando os emissores analógicos que seram desligados a 26 de Abril de 2012 tiverem emissores tdt caso do marão que não está previsto então sim poderemos dizer que a tdt está em todo o pais :
    se assim não for continuaremos a ser uns desgraçados e inferiores ao portugues normal
    Qual fui a Ideia de o Marão não ter TDT podem-me explicar
    Só queria entender gutrata

    ResponderEliminar

MEO
NOS
TDT
Comentários
Comentários