O canal de música da RTP, cuja estreia estava prevista para 7 de Março, só deverá ir para o ar no final do mês de Abril ou em Maio. Guilherme Costa, presidente da estação pública, garantiu que o novo canal é viável e que se enquadra no orçamento previsto da empresa. Contudo, o seu lançamento está refém de uma questão fundamental: o seu auto-financiamento, e depende ainda, da reorganização interna da RTP.

Para o presidente da RTP, o canal de música, projecto da autoria de Jaime Fernandes e avaliado na ordem de 1,3 milhões de euros, "não só traz público como vantagens num cenário de crise como o que vivemos, em que há desemprego". "Os proveitos têm de cobrir os custos, e só nesta condição estamos autorizados a lançá-lo", disse Guilherme Costa na Comissão de Ética.

O presidente do grupo RTP sublinhou ainda que o canal de música tem uma lógica de serviço público. "Desde logo pela sua defesa da língua e da música portuguesa, também no Mundo, pois é objectivo a sua transmissão nos meios internacionais." Recorde-se que Jaime Fernandes já havia dito que 70 por cento dos conteúdos serão da responsabilidade do novo canal. "Queremos produzir pequenos telediscos, low cost, e três horas diárias de música portuguesa ao vivo", revelou Jaime Fernandes, que inicialmente tinha previsto assumir a direcção do canal.

Fonte: CM

Categorias: ,

Sem comentários:

MEO
NOS
TDT
Comentários
Comentários