O primeiro canal de televisão dedicado aos jovens arranca esta segunda-feira às 21 horas, em exclusivo na internet, mas integrará a grelha televisiva de um operador português, daqui a dois meses.

“É um projecto altamente inovador porque não existe no mundo, nenhum canal criado especificamente para um público entre os 15 e os 24 anos”, disse Luís Reis, responsável pelo canal.

LOL, Music Act, YC in the House, That’s the way I like it, Band Time Stories, Yc Report, Flash News, Get Out, Mind Zap, I love My T-shirt, JimNasio e Cut&paste são as apostas que constituem a programação do canal, que contará com duas horas diárias de emissão em directo. Com todos programas a serem baptizados em  inglês, dado ser "acessível aos jovens de hoje e que nos facilitará a internacionalização”, explicou o Luís Reis.

A grelha de programas terá como componente mais forte a música, com entrevistas e actuações ao vivo no estúdio, mas, áreas como a culinária, desporto, viagens, entre outras, marcarão presença no Young Channel.

A programação com que o canal pretende cativar os mais novos e as respectivas famílias, pretende “transmitir valores e abordar os temas que interessam os jovens, apresentados e produzidos por jovens como eles e não por gente excepcional ou inacessível”, referiu Luís Reis.

Com sede em Óbidos, a emissão será feita a partir dos três estúdios de gravação e áreas de produção próprios, às quais se juntam edição, grafismo e pós-produção de áudio concebidas pela equipa, resultado de um investimento de 1,5 milhões de euros,comparticipados por fundos comunitários. Contará com um total de 25 trabalhadores e 10 freelancers (profissionais autónomos) que asseguraram inicialmente a produção do canal, esperando a empresa ter em breve "40 pessoas a tempo inteiro", assim como, introduzir novos conteúdos que abrirão o Young Channel "à criatividade e talento dos jovens que queiram propor os seus projectos", anunciou Luís Reis.
A produção de conteúdos para outros canais e para os computadores Magalhães, são outros objectivos dos responsáveis do canal, que marcou a sua grande apresentação pública para Março, no Festival Internacional de Chocolate de Óbidos.

Com: Fibra 
Agradecimento ao Rui Camoesas, pela sua colaboração com o Grelha TV.

Actualização: Em baixo, está disponível um vídeo com a reportagem da RTP 1 sobre o Young Channel.

Categorias:

13 comentários:

  1. Walt Sousa13/02/11, 16:30

    Parece ser interessante.
    Resta saber onde irá parar (por exclusivo por um período, depois deve espalhar-se por vários operadores). Eu aposto na Zon, embora preferisse que fosse a Meo. :)

    ResponderEliminar
  2. Se fosse para a Cabovisão seria de estranhar...

    ResponderEliminar
  3. Por favor, que seja para a zon. Assim temos mais canais!!

    ResponderEliminar
  4. O canal terá mais caracter musical. Será que algum operador não consegui fazer negociações com o RTP musica e fez uma parceria com uma empresa para criar este canal para fazer concorrencia à RTP.
    Vejam a sic k que foi para o meo e a zon fez parceria com dreamia e criou o panda biggs.

    ResponderEliminar
  5. Pois, só que a ZON é estúpida e agora todos os concorrentes têm esse canal e o SIC K ,mesmo após o fim do contrato, está apenas no MEO.

    ResponderEliminar
  6. pois mas repara o MEO nao o tem assim como zon nao tem o canal Benfica e quase todos os outros operadores têm

    ResponderEliminar
  7. E de louvar, 1 projeto de 1,5 milhoes de euros sendo o canal feito em Obidos, venham mais canais Portugueses que representam emprego para muitas pessoas , ja chega de tanto canal a falar Ingles.

    ResponderEliminar
  8. Hoje de manhã disseram na RTP que este canal ia para a ZON daqui a 2 meses.

    ResponderEliminar
  9. Ja sao 20:20 ,o canal ja deveria ter arrancado a 20 minutos mas ate agora nada...ja comecao bem...ne ne

    ResponderEliminar
  10. Já começõu!!!! Vamos ver no que é que dá....... esperemos que vá para a ZON!!

    ResponderEliminar
  11. Eu também vi essa reportagem na RTP 1 e não falaram na ZON. Acho que a jornalista queria dizer que o canal iria estar na tv por cabo e não na tv cabo. Se o canal fosse para a ZON ela diria ZON TV Cabo.

    ResponderEliminar
  12. Em princípio, o Bruno terá razão, a menos que se trate de um lapso da jornalista. A notícia foi actualizada, tendo sido adicionada a reportagem.

    ResponderEliminar
  13. A Zon está mais interessada na bodega do novo software irritante e apalhaçado que está cheio de bugs e não se preocupa em comprar canais novos. Vai de certeza para o meo, e eu também estou de saída!!

    ResponderEliminar

MEO
NOS
TDT
Comentários
Comentários