Em comunicado, a Associação de Defesa do Consumidor (DECO) diz ter sido abordada no ano passado por 369.767 consumidores "procurando informações acerca dos seus direitos ou solicitando a intervenção da associação para a resolução de litígios".

Embora constate que os consumidores estão "mais informados e esclarecidos", a DECO nota que "continuam a ser confrontados com o mesmo tipo de problemas".

No sector das telecomunicações, a associação aponta como estando na base de muitas das reclamações dos consumidores "o incumprimento das velocidades contratadas" no serviço de internet.

"Os problemas decorrentes da assistência técnica, da falta de qualidade e do período de fidelização dos produtos 'Triple Play' [serviço que combina voz, dados e multimédia] levaram muitos consumidores a pedir o nosso apoio na resolução destes conflitos", refere.

Nesta área, a DECO reivindica a criação de um "regulamento de qualidade de serviço para a internet", exige "melhores práticas às empresas fornecedoras de 'triple play'" e reclama uma "adequada fiscalização por parte da ANACOM [Autoridade Nacional de Comunicações]".

Defende ainda uma "efectiva avaliação dos contratos de comunicações electrónicas", que diz estarem "pejados de cláusulas abusivas".

Fonte: i

Categorias:

Sem comentários:

MEO
NOS
TDT
Comentários
Comentários