As redes fixas de alta velocidade alcançaram em 2010 os 292 mil clientes, num total de 1,47 milhões de casas cabladas com fibra óptica no final do último trimestre do ano, divulgou hoje a Anacom.

No mercado residencial 278 mil clientes utilizaram serviços suportados em acessos de alta velocidade FTTH (fiber-to-the-home) e EuroDOCSIS 3.0 ou equivalente, enquanto no segmento não residencial o número chegou aos 14,4 mil no final de Dezembro, de acordo com Autoridade Nacional de Comunicações (ANACOM).

No final do quarto trimestre do ano passado existiam em Portugal 1,47 milhões de casas casas cabladas com fibra óptica por todos os operadores.

A Anacom salienta que a oferta do serviço por mais de um operador na mesma região "implica a possibilidade de múltipla cablagem de um mesmo alojamento", pelo que estima que cerca de 59 por cento das habitações familiares clássicas tenham acesso a pelo menos uma rede de alta velocidade.

A penetração dos clientes residenciais em termos de alojamentos familiares clássicos é de 4,9 por 100 alojamentos e é na região de Lisboa que a penetração é mais elevada (10,9 por 100 alojamentos), refere a Anacom em comunicado.

O regulador detalha ainda que o número de habitações "com acessos suportados em EuroDOCSIS 3.0 – standard utilizado pelos operadores de TV por cabo para prestar serviços de alta velocidade totalizava 3,8 milhões, sendo cerca de 2,6 vezes superior ao número de alojamentos cablados com fibra óptica (FTTH/B)".

O número de acessos associados a ofertas de FTTH/B e EuroDOCSIS 3.0 com velocidades de 'download' superiores a 30 Mbps é de cerca de 181 mil.

Fonte: Lusa e Fibra

Categorias:

2 comentários:

  1. quando chega fibra de algum operador ao algarve??

    ResponderEliminar
  2. Isto é para entreter a U.E. com relatórios, porque a informação com a percentagem das zonas geográficas habitadas que estão cabladas pelas RNG, essa, não sai cá para fora. É fácil ir às zonas densamente povoadas e 'prontos', já temos um número absoluto com alguma significância. E o Algarve? E uma localidade a 45km de Lisboa, a 4km da Ribeira D'Ilhas, com quase 1 milhar de habitantes, com uma escola do 2o ciclo e 3o ciclo, em que a net ADSL (única disponível) não passa dos 'estáveis' 512kb de navegação e 64kB de download, pagando-se o tarifário mínimo de 4mb que a PT disponibiliza. Claro que a ANACOM assobia para o lado nesta e noutras centenas de localidades...

    ResponderEliminar

MEO
NOS
TDT
Comentários
Comentários