A Comissão de Análise de Estudos de Meios (CAEM) juntou ontem agências de meios, anunciantes e televisões numa reunião onde deveria sair o nome do vencedor do concurso para medir as audiências televisivas nos próximos cinco anos, a qual terminou sem que houvesse unanimidade.

De relembrar que estavam cinco empresas convidadas a entrar no concurso (TNS, Marktest, Nielsen, Euroexpansão e GfK), cujo desenlace deveria ter sido conhecido em Dezembro.

De acordo com o Diário Económico, ao longo de todo o processo houve unanimidade entre as partes, excepto quando chegou a altura de promulgar o concurso e dar a conhecer o novo vencedor. Com anunciantes opostos a agências de meios e televisões, o consenso foi impossível.

A decisão de eleger o futuro responsável pela medição de audiências em Portugal fica, assim, a cargo da CAEM (medida contestada por muitos), que conta já com dois meses de atraso e ainda sem uma data limitada para a tomada de posição.

Fonte: Diário Económico e Briefing

Categorias: ,

Sem comentários:

MEO
NOS
TDT
Comentários
Comentários